Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade
Aceitar Cookies
Recusar Cookies
 
  •  
     

    Irmãos a amar

    A maior caridade que alguém possa me fazer é a oração.

    Espiritualidade Calabriana

    11.01.2024 08:00:00 | 2 minutos de leitura

    Irmãos a amar

    Acontece às vezes, que há uns problemas a resolver e os critérios e as opiniões para fazê-lo divergem; nestes casos é bom que vocês analisem e discutam as coisas entre vocês em santa caridade, mas para a decisão final dependam do Casante, sempre com plena confiança nele: desta forma podem ter certeza que irão fazer sempre a vontade de Deus, salvar mais facilmente a santa humildade e caridade e merecer as bênçãos de Deus para vocês e para o seu trabalho.

    Quanto a mim, a maior caridade que alguém possa me fazer é a oração, sopro de Deus do qual provém para nós todos o bem. E se hoje eu estou em condições de dirigir-lhes a minha palavra como brota espontânea do meu coração, é justamente porque o Senhor ouviu e atendeu suas orações...

    A caridade seja mesmo o nosso distintivo, não só em Casa, entre nós, mas para com todos. Lembremo-lo bem, nós não temos inimigos a combater, mas irmãos a amar, a iluminar, a melhorar, a formar de acordo com o convite de Santo Agostinho: “Combatam os erros, mas amem os homens.”

    São João Calábria
    Trecho do Livro Retornemos ao Evangelho
    Para ler os demais trechos publicados, clique aqui


    Mais em Espiritualidade Calabriana
     

    Copyright © Pobres Servos da Divina Providência.
    Direitos reservados, acesse a política de privacidade.