Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade
Aceitar Cookies
Recusar Cookies
 
  •  
     

    Guardem a caridade

    Onde há caridade, aí Deus está e por conseguinte, onde não há a caridade, aí não está Deus: e, sem o Senhor, o que é que nós podemos fazer?

    Espiritualidade Calabriana

    02.01.2024 08:00:00 | 2 minutos de leitura

    Guardem a caridade

    A caridade: esta virtude, resumo e característica da Religião, ah, como esmoreceu durante a guerra! Não quero aqui gastar palavras para remarcar todos os prejuízos causados pela discórdia, pelo ódio aos irmãos, pelas invejas tanto na vida particular das famílias, como na vida civil da sociedade de hoje. Quanto sangue derramado pela falta de caridade!

    A reconstrução deste pobre mundo não pode se realizar a não ser no espírito da caridade de Cristo. E nós havemos de ser os pioneiros da caridade, mas como haveremos de sê-lo no meio dos irmãos, se por primeiros não nos revestirmos desta divina armadura, se não formos repletos deste sagrado fogo de amor? Ah, que grande responsabilidade pesa sobre nós pelas faltas de caridade fraterna! Com aquelas inimizades, aqueles ciúmes, aquelas pequenas invejas que muitas vezes deturpam a nossa conduta, as relações com o próximo e dentro de nossas famílias religiosas e sacerdotais...

    Cuidado, muito cuidado mesmo! Encontraremos bastantes coisas a reformar neste ponto. As pequenas discórdias entre sacerdotes e religiosos paralisam o nosso zelo pastoral e esterilizam nos outros a confiança em nós. Onde há caridade, aí Deus está e por conseguinte, onde não há a caridade, aí não está Deus: e, sem o Senhor, o que é que nós podemos fazer?

    A caridade, portanto! Recomendo-a mais e mais! Guardem a caridade, custe o que custar, se quiserem que o Senhor se sirva de vocês para seus altos desígnios de misericórdia. Os apóstolos, os primeiros cristãos começaram a conquista do mundo armados desta santa caridade de Cristo; em nossos dias também a reconquista do mundo ao Santo Evangelho não há de ser feita de outra maneira. Portanto, mãos a obra e desde já! A caridade: eis a palavra que coloco aqui como ponto final desta minha paterna exortação e como resumo de tudo quanto lhes tenho dito.

    São João Calábria
    Trecho do Livro Retornemos ao Evangelho
    Para ler os demais trechos publicados, clique aqui


    Mais em Espiritualidade Calabriana
     

    Copyright © Pobres Servos da Divina Providência.
    Direitos reservados, acesse a política de privacidade.