QUARTA-FEIRA DE CINZAS

Quarta-feira de Cinzas
Quarta-feira de Cinzas

A Quaresma católica se inicia na Quarta-feira de Cinzas quando o sacerdote põe sobre a cabeça dos fiéis, um pouco de cinzas, dizendo "Porque tu és pó e ao pó hás de voltar" Gn 3,19.

Antigamente, o ato de imposição das cinzas era reservado apenas aos que desejassem assumir o arrependimento publicamente. Depois, a partir do século XI, o papa Urbano II estendeu a prática a todos os cristãos, porque todos somos pecadores. A partir desse ritual a pessoa toma consciência dos seus pecados, possibilitando a conversão. As cinzas devem simbolizar o nada da criatura em relação ao seu criador; são obtidas por meio da queima dos ramos de palmeira e de oliveira bentos no Domingo de Ramos do ano anterior.

A Quaresma é mais do que um ritual de tradição, é período de fortalecimento da igreja, de retiro pessoal, no qual a liturgia chama a conversão e ao retorno de Deus. A Quaresma é um tempo de mudança sincera e penitência, em que ocorre a libertação interior do que nos afasta da obediência à Santíssima Trindade e da Caridade para com os irmãos.

Na Quaresma todos são convidados a seguir o exemplo de Jesus Cristo, que viveu no deserto durante 40 dias, nesse período ele rejeitou Satanás e afirmou ser o filho de Deus.

 

Retirado do Livro: Datas Comemorativas cívicas e históricas: Paulinas Editora.