Dom Jailton reuniu-se com jovens seminaristas para tratarem da nova Casa de Formação da Diocese, que está localizada em Salvador (BA)

O bispo está conhecendo a cidade e se reunindo com a igreja, mas, já pode declarar que, uma de suas prioridades é a formação dos seminaristas. Aos sacerdotes e aos leigos, também haverá incentivo em outras formações. "Estamos dialogando com um mundo plural, que vai além da Filosofia e Teologia, então nós precisamos estar atentos a outras informações e ciências", disse o bispo, que também se preocupa com a formação contínua dos padres.

O seminário de Ilhéus (BA), que estava fechado há treze anos, foi reaberto. Um grupo de seminaristas foi para São Paulo e outro para o Rio de Janeiro, porém, para melhor unidade da igreja, foi decidido que eles iriam estudar em um mesmo local, e teriam um padre da Diocese junto com eles. Por esse motivo, foi aberta uma Casa de Formação para a Diocese Teixeira de Freitas/Caravelas em Salvador, cidade onde fica a sede da província eclesiástica da qual pertencemos.

Na próxima semana, o padre Isael, que foi escolhido para ser o reitor da Casa, viajará para Salvador aguardar a chegada dos seminaristas para o início das aulas, no Instituto de Teologia da Universidade Católica de Salvador.

Dom Jailton disse que almeja duplicar o número de padres na Diocese, pois a igreja cresceu e também cresceu a necessidade de ter mais padres. Para isso, será necessário aumentar o número de vocacionados, e, pensando nisso, ele, junto com o clero, decidiram designar um padre para fazer um serviço de animação vocacional. Esse padre irá morar com os seminaristas do propedêutico e poderá passar em todas as paróquias, tendo um contato mais direto com os rapazes para falar sobre a vocação sacerdotal.

O seminarista Gabriel Gomes Dias disse que são grandes as expectativas com a viagem a Salvador e consequente união entre os seminaristas da região na nova Casa. Ele ainda se diz animado com o curso, pois as referências a respeito da Universidade são as melhores, além de ser reconhecida pela igreja. Gabriel está terminando o propedêutico e irá para o primeiro ano de Filosofia. "Um ponto positivo da igreja foi nos apresentar essa proposta favorável a nossa formação, ao nosso conhecimento, que proporciona proximidade com a nossa Diocese, com o clero e com o bispo, e, em poder conhecer um pouco mais da história de nosso Estado", disse Douglas a respeito dessa oportunidade.

Por PASCOM Diocesana

Disponível em: <https://dioceseteixeiradefreitas.com.br/?p=4023