Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade
ACEITAR E FECHAR
 
  • História de São João Calábria
    História de São João Calábria
    João Calábria nasceu em Verona (Itália) em 8 de outubro de 1873. Filho de Luís Calábria, sapateiro, homem trabalhador, simples e humilde, que amava a família, e de Ângela Foschio, empregada doméstica, mulher de singulares virtudes cristãs, de espírito gentil, piedade sincera, grande confiança em Deus e devoção à nossa Senhora das Dores. Características familiares que foram muito importantes para o crescimento sereno e altruísta de João.

     O período de sua infância e adolescência passou-se em extrema pobreza. Foi obrigado a interromper duas vezes os estudos para conseguir o necessário para a sua família viver, principalmente após a morte do seu pai, quando tinha 12 anos, trabalhando numa loja de antiguidades. Com a graça de Deus, as humilhações e as dificuldades que passou, contribuíram para criar nele um espírito de fé e de abandono na Divina Providência.

    O jovem Calábria sempre teve o desejo de ser padre, e Pe. Pedro Scapini, Pároco da Igreja de São Lourenço, percebendo as virtudes do menino ajudou-o na busca da sua vocação. Preparou-o com aulas particulares para os exames de admissão ao Ensino Médio, no Seminário. Aprovado nos exames, foi admitido e frequentou-o como aluno externo. Mas teve que interrompê-lo no 3º ano para prestar o serviço militar.

    Durante o serviço militar exerceu um intenso apostolado, distinguindo-se sobretudo no cuidado aos doentes e assistindo os soldados acometidos de tifo. Terminado o serviço militar, retomou os estudos.

    Calábria teve o grande dom de encontrar-se com Pe. Natal de Jesus, carmelita descalço, o qual escolheu como o seu confessor e diretor espiritual. Foi este padre que descobriu no jovem “o escolhido do Senhor com especial predileção” para fundar “uma Congregação para os tempos atuais” uma Congregação de sacerdotes e irmãos, de espírito evangélico e apostólico, com paridade jurídica, com iguais direitos e deveres.

    Numa noite fria, quando frequentava o 1º ano de teologia, regressando do hospital, onde foi visitar doentes, encontrou encolhido na porta da sua casa um menino cigano que fugira do seu grupo. Acolhendo-o em sua casa, partilhou o seu jantar e deu-lhe abrigo. Este foi um dos sinais que Deus o concedeu para clarear o seu chamado.

    No dia 11 de agosto de 1901, foi ordenado presbítero e foi nomeado vigário da Paróquia Santo Estêvão e confessor no Seminário. Dedicou-se com zelo especial às confissões e ao exercício da caridade, privilegiando sobretudo os mais pobres e marginalizados.

    Em 1907, foi nomeado vigário de São Bento no Monte, e no dia 26 de novembro, na Rua Case Rotte, iniciou oficialmente o Instituto “Casa Buoni Fanciulli” (Casa Bons Meninos). Esta data é tida como fundação da Obra Calabriana, da Congregação Pobres Servos da Divina Providência.

    No dia 4 de dezembro de 1954, em Verona, Pe. Calábria partiu para a casa do Pai. Ao saber da sua morte, o Papa Pio XII mandou um telegrama, no qual prestava condolências e definia Pe. Calábria como “campeão de evangélica caridade”.

    Em 17 de abril de 1988 foi beatificado pelo Santo Padre, Papa João Paulo II em Verona. E no dia 18 de abril de 1999 foi Canonizado pelo mesmo Santo Padre em Roma.

    A Festa litúrgica de São João Calábria é 8 de outubro.

    CRONOLOGIA:

    1873: nasceu João Calábria em Verona – Itália, em 8 de outubro.
    1901: Ordenado presbítero
    1907: Iniciou a Congregação Pobres Servos da Divina Providência 
    1910: Iniciou a Congregação Pobres Servas da Divina Providência.
    1954: Morreu em 4 de dezembro.
    1988: Beatificado pelo Santo Padre, Papa João Paulo II em Verona, no dia 17 de abril.
    1999: Canonizado pelo Santo Padre, Papa João Paulo II em Roma, no dia 18 de abril.
    Festa litúrgica: 8 de outubro.
     
     
    IMAGENS
       

    Copyright © Pobres Servos da Divina Providência.
    Direitos reservados, acesse a política de privacidade.