Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade
Aceitar Cookies
Recusar Cookies
 
  •  
     

    São João Calábria: Vida que Inspira Vidas - testemunho do Padre Miguel Tofful

    Hoje trazemos o testemunho do Padre Miguel Tofful, que foi por 14 anos Superior Geral da Congregação e Casante da Obra.

    Testemunhos

    06.04.2024 07:00:00 | 6 minutos de leitura

    São João Calábria: Vida que Inspira Vidas - testemunho do Padre Miguel Tofful

    Em meio às comemorações dos 25 anos da canonização de São João Calábria, o projeto "São João Calábria: Vida que Inspira Vidas" continua a trazer relatos marcantes e emocionantes. Hoje, destacamos o testemunho do Padre Miguel Tofful, que por 14 anos liderou a Congregação e a Obra Calabriana.

    Padre Tofful compartilha conosco uma experiência singular: seu encontro e convívio com a senhora Rita Faccioli de Braida, cujo milagre foi fundamental para a canonização de São João Calábria. Seu relato é uma verdadeira celebração da fé e da santidade.

    Ao recordar aquele dia memorável, Padre Tofful nos transporta para os momentos de proximidade e devoção vividos ao lado de Rita Faccioli de Braida. Sua narrativa revela não apenas a magnitude do milagre, mas também a simplicidade e a profundidade da fé que permeiam a vida daqueles que seguem os passos de São João Calábria.

    Neste momento de reflexão e gratidão, celebramos não apenas a canonização do santo, mas também o legado de amor e serviço que ele deixou para toda a Família Calabriana. Que este aniversário inspire a todos os membros da Família Calabriana a buscar a santidade em suas vidas diárias, seguindo o exemplo de São João Calábria e de tantos outros que, como Rita Faccioli de Braida, foram tocados pela graça divina.

    Que a luz e a inspiração de São João Calábria continuem a guiar e fortalecer a jornada espiritual de todos os que se dedicam à obra do bem e à promoção da justiça social, tornando este mundo um lugar mais humano e acolhedor para todos.

    Vida e obra de São João Calábria seguem inspirando vidas, renovando a esperança e fortalecendo a fé daqueles que buscam viver segundo os valores do Evangelho. Que seu legado perdure por gerações, iluminando caminhos e transformando corações.

    ____

    A minha lembrança da Canonização de São João Calábria

    No dia 18 de abril de 1999, eu estava na comunidade da Casa Sagrado Coração, em Gonzalez Catàn, Buenos Aires, Argentina. Foi um dia extraordinário para todos nós.

    Devido ao fuso horário, a celebração na Argentina começou bem cedo. O canal nacional transmitia a celebração diretamente do Vaticano, pois junto com São João Calábria, Marcelino Champagnat, fundador dos Irmãos Maristas, também foi canonizado, e eles têm uma presença significativa na Argentina. Isso foi uma manifestação da Divina Providência, pois graças a Champagnat foi possível ter a transmissão direta da celebração em todo o território nacional.

    Fui convidado a participar presencialmente no canal de televisão, junto com um irmão Marista e uma irmã de outra congregação da outra santa que foi canonizada junto.

    Foi muito bonito, pois antes do início da celebração, fomos entrevistados para contar um pouco sobre a vida e a missão de cada um dos Santos que estavam sendo canonizados, e também sobre a presença de cada congregação na Argentina. Eu falei sobre São João Calábria, seu carisma e nossa presença. Depois participamos assistindo diretamente e fazendo alguns momentos de conversa nos espaços livres durante a celebração e ao final da mesma. A transmissão foi vista em toda a Argentina. Muitos pensavam que estávamos em Roma, pois o canal transmitia a celebração ao vivo.

    Além desse fato importante da transmissão emocionante da canonização, quero destacar três coisas como lembrança do evento em geral:

    1. Vivemos intensamente a preparação da canonização nas comunidades e nas paróquias. A pessoa que recebeu o milagre para a canonização, Rita Faccioli de Braida, era de Reconquista, que eu conhecia muito bem. Acompanhamos todo o processo de sua doença e cura. A família era muito próxima à Congregação, e todos nós éramos muito próximos da família Braida. Isso motivou e mobilizou muitas pessoas a conhecer São João Calábria e multiplicou a devoção a este santo.

    2. A celebração do dia 18 de abril foi realizada na Paróquia onde estávamos, com uma participação multitudinária. Foi bem preparada, com uma novena, catequese sobre a espiritualidade, e concluímos com essa celebração que marcou a vida de muitas pessoas que participaram.

    3. O que aconteceu depois da canonização foi ainda mais maravilhoso, pois nesse ano surgiram muitos grupos calabrianos e muitas iniciativas concretas a favor dos pobres e necessitados, levadas adiante por leigos que viviam a espiritualidade. Muitas pessoas começaram a participar dos encontros para aprofundar a espiritualidade calabriana, e muitos destes se agregaram como Irmãos e Irmãs Externos. O grupo da Argentina que participou da canonização na Itália foi bastante grande (religiosos, religiosas e leigos). Quando voltaram, compartilharam e acenderam o fogo do carisma calabriano em diversos lugares de origem. Foi verdadeiramente maravilhoso.

    Para concluir, posso dizer que para mim, pessoalmente, a canonização de São João Calábria foi um estímulo e um convite a viver de forma mais radical o espírito puro e genuíno da Obra. Ter São João Calábria nos altares não foi simplesmente um sinal de orgulho para a Congregação, mas sim uma responsabilidade para viver a santidade pessoal e da Obra.

    Na minha caminhada como Pobre Servo, a pessoa de São João Calábria sempre foi uma inspiração. Também nos meus 14 anos como Superior Geral da Congregação e Casante da Obra, São João Calábria sempre foi o meu guia. Estando na Casa Mãe da Obra, Em Verona, todos esses anos, recorria a Ele frequentemente, pedia a sua intercessão, e posso testemunhar que aconteceram tantos outros milagres operados por São João Calábria, não somente do ponto de vista de uma cura de doença, mas também de pessoas transformadas pela espiritualidade e pelos maravilhosos sinais da Divina Providência.

    Hoje, agradecendo a Deus pelos 25 anos da canonização de São João Calábria, meu coração revive todos esses momentos com grande alegria e entusiasmo. Quero renovar o meu desejo de viver fielmente o carisma e de continuar a transmiti-lo na vida cotidiana para contagiar tantas pessoas que desejam vivê-lo.

    Que a santidade evangélica de São João Calábria me ajude a ser cada dia um evangelho vivo para o mundo.

    Boa festa a todos!
    Pe. Miguel Tofful

    Milagre reconhecido pela Igreja para causa de Beatificação de João Calábria - clique aqui para ler.
    Milagre reconhecido pela Igreja para causa de Canonização de João Calábria - clique aqui para ler.

    Aguardamos o testemunho de outros membros da Família Calabriana!!!

    Mais em Testemunhos
     

    Copyright © Pobres Servos da Divina Providência.
    Direitos reservados, acesse a política de privacidade.