Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade
Aceitar Cookies
Recusar Cookies
 
  •  
     

    Ninguém pode recusar os Sacramentos às pessoas com deficiência

    Promovida pelo Dicastério Leigos Família e Vida, a iniciativa #IamChruch conta em cinco vídeos o desafio diário das pessoas com deficiência que, longe de se sentirem um fardo ou um "descarte", levam a sua contribuição às suas comunidades eclesiais. Não sem um sorriso.

    07.12.2021 | 2 minutos de leitura

    Ninguém pode recusar os Sacramentos às pessoas com deficiência

    Vatican News

    O Papa Francisco, na sua recente mensagem por ocasião da Jornada Internacional a eles dedicada, afirma que “ninguém pode recusar os Sacramentos às pessoas com deficiência”, respondendo assim à pergunta que a Serena, jovem italiana, lhe faz no testemunho que hoje publicamos.

    É o primeiro vídeo da série #IamChurch: uma campanha que visa dar voz às pessoas com deficiência que dão, todos os dias, a sua contribuição para vida de cada comunidade eclesial.

    “Caro Papa Francisco, faço parte de um grupo de jovens, e este ano vamos à JMJ de Cracóvia. Sei que muitos jovens como eu não estão muito bem nas suas paróquias, não comungam e não participam da Missa com os outros. Não entendo o porquê, será que o senhor me poderia explicar?” diz a Serena.

    Como todos os protagonistas da campanha #IamChurch, a Serena conta com naturalidade a sua experiência de mulher com deficiência, consciente da sua pertença eclesial, e fá-lo a partir da consciência de que – como escreve o Papa na sua mensagem – “Ter Jesus como amigo é a maior das consolações”.

    “Jesus”, afirma, “sempre me acompanhou, e continua a fazê-lo, apesar das dificuldades e dos momentos de escuridão, e partilha comigo coisas belas e experiências. Jesus é o meu amigo, o encontro diário que está sempre comigo, está junto de mim e nunca me deixa.”

    #IamChurch é uma iniciativa do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida, no âmbito do Ano “Família Amoris Laetitia”. É uma viagem através cinco vídeos, à descoberta de mulheres e homens, tantas vezes vítimas da cultura do descarte, que, pelo contrário, testemunham uma humanidade sorridente, dinâmica e alegre: o rosto atraente da Igreja.

     

    Copyright © Pobres Servos da Divina Providência.
    Direitos reservados, acesse a política de privacidade.