Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa política de privacidade
Aceitar Cookies
Recusar Cookies
 
  •  
     

    Igreja da Inglaterra lança mapeamento digital de cemitérios

    A partir da coleta de dados, um site ad hoc dará livre acesso à topografia de cada cemitério, incluindo os nomes dos falecidos. Trata-se de um programa destinado às comunidades locais e às pessoas que tentam rastrear sua história familiar, bem como aos ambientalistas, pois o portal também permitirá a apresentação de um inventário detalhado da biodiversidade em cada cemitério, incluindo árvores e plantas. Este grande projeto nacional "aliviará o trabalho administrativo das paróquias", diz Rumsey

    04.11.2021 | 3 minutos de leitura

    Igreja da Inglaterra lança mapeamento digital de cemitérios

    Num futuro não tão distante, os fiéis anglicanos na Inglaterra poderão visitar os túmulos de seus antepassados, familiares ou amigos também remotamente com um simples clique. De fato, semanas atrás, a Igreja da Inglaterra lançou um ambicioso projeto nacional de mapeamento digital de seus 19 mil cemitérios espalhados por todo o país. Espera-se que o projeto tenha uma duração de sete anos.

    Livre acesso à topografia de cada cemitério

    A partir da coleta de dados, um site ad hoc - a ser lançado no primeiro semestre de 2022 - dará livre acesso à topografia de cada cemitério, incluindo os nomes dos falecidos. Trata-se de um programa destinado às comunidades locais e às pessoas que tentam rastrear sua história familiar, bem como aos ambientalistas, pois o portal também permitirá a apresentação de um inventário detalhado da biodiversidade em cada cemitério, incluindo árvores e plantas.

    A iniciativa começou na antiga igreja de São Bega, nas margens do lago Bassenthwaite, na Diocese de Carlisle, e foi realizada graças a uma parceria entre a Igreja da Inglaterra e a empresa de topografia Atlantic Geomatics, com sede na cidade de Cumbria, no noroeste do país.

    Cada operador é capaz de pesquisar cerca de nove ou dez locais por dia, usando equipamento de escaneamento a laser montado numa mochila, GPS e câmeras. Das dezenas de milhares de medições feitas a cada segundo, os agrimensores podem mapear com rapidez e precisão cada canto dos cemitérios. Além disso, todas as lápides são fotografadas.

    O quadro mais abrangente dos cemitérios na Inglaterra

    Os dados coletados sobre as sepulturas são então adicionados a outras informações, como o Atlas da Rede Nacional de Biodiversidade, para apresentar o que se pretende ser o quadro mais abrangente dos cemitérios na Inglaterra até o momento.

    O projeto da Igreja da Inglaterra foi financiado por vários órgãos como a "Inglaterra Histórica" e o "Fundo Nacional do Patrimônio da Loteria", bem como por várias empresas de pesquisa genealógica on-line, que poderão oferecer seus serviços através da plataforma web.

    "Este grande projeto nacional será muito útil para aqueles que pesquisam sua história familiar e também aliviará o trabalho administrativo das paróquias", afirma o bispo de Ramsbury e responsável pelos edifícios eclesiásticos da Igreja da Inglaterra, Andrew Rumsey.

    Em breve, visita remota aos primeiros cemitérios anglicanos

    "Para aqueles que fazem pesquisas à distância no Reino Unido ou no exterior - acrescenta o prelado anglicano, explicando a iniciativa - os registros digitais colocarão ao alcance destes, informações detalhadas dos cemitérios."

    O mapa interativo também "melhorará a gestão dos cemitérios e tornará as informações mais acessíveis do que nunca, apoiadas por serviços de assinatura adicionais para aqueles que desejam informações suplementares".

    Em breve "as pessoas poderão visitar os primeiros cemitérios anglicanos cujo mapeamento foi concluído e ver em tempo real a localização dos lugares de sepultamento que ali se encontram", diz, com satisfação, o bispo Rumsey.

    (L’Osservatore Romano)

     

    Copyright © Pobres Servos da Divina Providência.
    Direitos reservados, acesse a política de privacidade.